Abstinência de alicate – é possível!

Muita gente tem aderido ao movimento “Alicate Free” e parado de tirar cutícula. Mas uma parcela bem grande dessas pessoas ainda tem dúvidas de como resistir à tentação de sair arrancando cada pelinha mínima que aparece. Pensando nas dúvidas que recebemos das leitoras (obrigada, queridas!), resolvemos fazer um manual lindo do Alicate Free. Calma, gata. Sua cutícula tenebrosa tem solução! Tcharã!

Olha, foi o final de período na faculdade Deus que fez com que eu não tivesse tempo pra cuidar das minhas cutículas. Porque aí eu pude mostrar pra vocês toda a porqueira que é quando a gente não cuida (coisa feeia…) e como fica coisa linda de Deus quando a gente trata delas com carinho. Aposto que tem um monte de gente se identificando com aquela mãozinha mocoronga da esquerda e pensando: “nossa, eu não quero a minha cutícula assim, alicate já!”. Sem desespero, gata. Vamos aos cuidados que devem fazer parte da sua rotina diária de higiene e cuidados com a pele.

Não é porque parou de tirar cutícula  que você vai jogar seu alicate fora. Ele e a sua espátula serão seus aliados, principalmente nesse início em que elas estão muito rebeldes.
1. Sempre que sair do banho ou acabar de mexer com água, aproveite para empurrar sua cutícula, mesmo que esteja com esmalte. Pode ser com a própria unha ou com a espátula (2). Isso vai fazer com que a sua cutícula ‘entenda’ qual é o lugar dela e que as pelinhas que já estão querendo se soltar façam isso de uma vez. Mas atenção: empurrar não significa usar força, é algo delicado.

3. Essas pelinhas que se desprendem JAMAIS devem ser puxadas. Além de machucar, isso pode fazer com que você arrebente a cutícula. Em ambos os casos a inflamação é certa. É aí que o alicate entra. Você vai cortar SÓ a pele, nada de empolgar e sair arrancando a cutícula toda.

4. Quando você for trocar o esmalte, utilize um amolecedor de cutículas como você fazia anteriormente. Deixe agir e depois repita o processo da espátula ou unha para empurrar. Se necessário, retire as peles mortas com o alicate. Isso vai facilitar (e muito) a passagem do palitinho na hora de retirar o excesso do esmalte (5). Consequência: acabamento mais bonito e você mais feliz!

DICAS PRECIOSAS

1. FAÇA UMA MÃO DE CADA VEZ: Em relação à preparação das unhas para receber o esmalte, aplique o amolecedor nas duas mãos, mas faça uma toda pra depois fazer a outra. Isso inclui empurrar, retirar o excesso e lixá-las. Passe então uma camada generosa de hidratante para unhas e só assim vá para a outra mão. Isso hidratará os terríveis cantinhos, dificultando a penetração do esmalte, facilitando a retirada dele depois. Mas atenção: lavem bem as unhas antes de aplicar o esmalte ou passe removedor somente nas unhas, deixando o hidratante nas laterais. Olha como faz a diferença na hora de limpar:

2. JAMAIS use Acetona. Além de danificar suas unhas ela agride as cutículas, deixando-as ressecadas e dá-lhe cerinha granado depois para compensar!
3. Todos os produtos da imagem são altamente indicados pra quem está nessa onda de cortar o alicate. Se quiserem saber mais sobre eles, tem informações aqui e aqui.

Agora que a tia Bia já ensinou tuuudo direitinho e vocês já aprenderam, só vim dar minha pequena contribuição e mostrar pra vocês que é possível sim ficar sem tirar as cutículas. É com muito orgulho que veio dizer que estou há quase UM ANO, isso mesmo, um ano sem tirar as cutículas (juro que não caí em tentação nem uma vez, até porque morro de preguiça de tirar). rsrs                                                                                         O que eu faço é simplesmente usar o mira-cuticle da Avon antes de dormir e a cerinha da Granado, revezando com o oléo da L.A. Colors, ao longo do dia. Detalhe: também faço isso nas unhas dos pés.

Lindezas de unhas saudáveis, esperamos que tenha ajudado! Qualquer dúvida é só perguntar pra gente!